Engenharia Civil no Estrangeiro

A reduzida dimensão do mercado português justifica que se adoptem estratégias de internacionalização, numa perspectiva de valorização das empresas. Assim, como o sector da construção em Portugal encontra-se estagnado a solução encontrada tem sido a internacionalização.

É conhecido por todos que Angola tem sido o destino privilegiado das empresas de construção civil portuguesas, que empregam também engenheiros civis portugueses maioritariamente para direcção de obras (mas não só). Têm sido esta a solução encontrada para a colocação do número excessivo de engenheiros civis formados num país em que o sector da construção é pequeno e não consegue absorver todos os engenheiros.

Mas os engenheiros portugueses não trabalham apenas para empresas portuguesas. Existem muitos a trabalhar para empresas estrangeiras.

Os mercados privilegiados para os engenheiros civis portugueses trabalharem têm sido África e Europa de Leste. Porém, como já foi aqui abordado, o Brasil tem surgido como o novo destino dos portugueses. As empresas do norte da Europa também têm contratado muitos engenheiros portugueses.

Antes de sair do país para exercer Engenharia Civil, existem um conjunto de considerações a ter em conta:

  •  Motivações;
  • Características de Personalidade;
  • Competências Técnicas;
  • Competências Linguísticas;
  • Apoios Assegurados pela Empresa;
  • Reconhecimento da Profissão no Estrangeiro;
  • Situação Familiar Compatível;
  • Remunerações;

Há ainda que ter em atenção o país de destino para se preparar ao máximo para o exercício da profissão. Angola, Moçambique e Cabo-Verde são reconhecidamente os países de mais fácil integração em África pois a barreira linguística é inexistente.

Para quem ainda estiver à procura de emprego pode consultar ofertas de emprego aqui.

E vocês? Já trabalham no estrangeiro?

Anúncios

3 responses to this post.

  1. Posted by Paulo Costa on 02/04/2011 at 11:55

    Já trabalhei em Angola 6 meses. Muito bom para quem quiser ganhar umas massas. Não aguentei mais tempo porque é um país muito inseguro. Mas para quem for jovem e tenha algum espírito de aventura aconselho vivamente.
    Parabéns pelo blogue.

    Responder

  2. Posted by Liliana on 02/14/2011 at 9:23

    Se fosse para o Estrangeiro, teria que ser um Pais inserido na Comunidade Eusopeia. Talvez por ser mulher. Mas acho que isso é mais para a malta mais nova e com espírito de aventura. As coisas em Portugal estão a ficar “feias” em termos de ofertas de trabalho.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: